segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Datena incita ao ódio

O Datena, apresentador do programa da Band “Brasil Urgente”, perdeu a cabeça e a noção do perigo no dia 27 de julho. Ele estava sensacionalizando mais um caso policial quando começou a associar o ateísmo à criminalidade:

“Isso é um exemplo típico de um sujeito que não acredita em deus: matou um menino de dois anos de idade”

Num surto de irracionalidade, ele inicia uma pesquisa por telefone “Você acredita em Deus?” No início a pesquisa ficou em torno de 2500 sim e 300 não. Descontente com o resultado ele instiga as pessoas que acreditam em deus a votar.

“Agora, vocês que estão do lado de deus, né, como eu, como eu, podiam dar uma lavada nesses caras que não acreditam em deus.”

“Quase 1070 pessoas. Não é? Quem não acredita em deus geralmente não tem limites.”

“o brasileiro prova de uma forma definitiva, clara, que tem deus no coração. Quem não tem é quem comete esse tipo de
crime. Quem mata e enterra pessoas vivas, quem mata criancinha, quem estupra, quem violenta, quem bate nas nossas
mulheres...”

Mas o problema é ele ter, em rede nacional, incitado o preconceito. Ele desperta um sentimento de ódio contra os ateus, convoca as pessoas “do bem” a COMBATER as pessoas “do mal” através da votação. Ele chega a dizer que muitos votos “não” estão vindo da cadeia! A sorte é que o Datena é um nada na televisão. Mas imagina se ele ganha confiança pra ficar falando isso todo dia?! O que ia ter de ateu morrendo à pedrada por aí.

A ATEA, Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos, já estuda as possíveis medidas judiciais, já que os contatos com a emissora não foram bem recebidos. Olha o que o Datena disse dia 18/agosto:

“Tem até uma associação de ateus que pediu o direito de resposta pra falar aqui. Diz que eu teria metido o pau em quem não acredita em Deus. Que se lasque quem não acredita em deus. […] Eu acredito em Deus pra caramba e acho que a Band deve dar o direito de resposta pra associação de ateus. Eu brigando ao lado de deus eu vou até o inferno e brigo com o capeta.”

Ele fala com um desprezo e uma nova menção ao combate que eu considero tão grave quanto o programa anterior.

Qualquer pessoa que tenha se sentido ofendida pode entrar com uma ação indenizatória por danos morais. Apesar de considerar o conteúdo das palavras dele como prejudicial pra toda a população (independente de convicções religiosas), não me senti ofendido particularmente, PORQUE ELE É UM NADA. Mas mesmo assim acho que o Ministério Público deveria se manifestar e dar (como diz uma conhecida minha) uns cocorotes no Datena.

Ah, ele diz que não faz questão nenhuma que ateus assistam seu programa. Bem, essa parte eu coloquei pra descontrair, porque é engraçado como ele coloca o programa no patamar de um Jornal Nacional.

 

Enfim, apoio a idéia de que não ser criminoso por puro respeito ao próximo é muito mais digno do que não ser por medo de uma punição divina.

 

Mais do mesmo:

A primeira idiotice dele (do dia 27/julho) tá transcrita no site da ATEA. Foi mais de meia hora de baixaria, por isso não tem vídeo. Já a segunda parte (do dia 18/agosto) segue adiante:

http://ateus.net/

http://ateusdobrasil.com.br/

Bota “Datena ateus” no google que você acha fácil. É que eu limpei a memória e esqueci de salvar os outros sites que eu vi.

Um comentário: