quarta-feira, 7 de abril de 2010

Guanabara e eu

(

Humor negro: Casa desaba no Rio e proprietário diz: “A ficha ainda não caiu”. Ele devia ter feito a casa com fichas.

)

Domingo de Páscoa tentei pegar meu ônibus de volta à Sobral portando apenas documento de identificação, pois perdi o bilhete. A Guanabara Express, num procedimento habitual, me obrigou a recomprar a minha passagem. Eu tive que cancelar a já comprada e comprá-la novamente.

O que eles alegam? Que é uma determinação do Detran, que nenhum passageiro pode viajar sem o bilhete.

O que eu alego? Eles podiam me dar uma 2ª via.

O que eles replicaram? Que eu já recebo duas vias.

E eu: Eu recebo duas vias. Mas as duas são grampeadas. Seria necessário muita dedicação pra eu conseguir perder apenas uma.

E se eu não tivesse o dinheiro? Não viajava! Eles me mandaram fazer um B.O da perda do bilhete e ir na Guanabara receber o dinheiro de volta.  Mas antes eu passei no Decon (Defesa do consumidor) e fiz a reclamação. Art 42, Parágrafo Único do Código de Defesa do Consumidor (Cobrança indevida)

Audiência marcada pro dia 4 de maio, 9 da manhã. Se tudo der certo, recebo o dinheiro de volta e em dobro.

3 comentários:

  1. Começando a fazer valer os conhecimentos da facul..né maninho! Muito bom viu!

    ResponderExcluir
  2. mano aconteceu o mesmo comigo .... e num sei como faço..

    ResponderExcluir